quinta-feira, 14 de março de 2013

Atitudes face á diversidade cultural

Perante a existência de seres humanos com normas e hábitos culturais diferentes. as pessoas podem assumir atitudes e condutas muito variadas.
Mencionaremos três dessas atitudes: Etnocentrismo; relativismo cultural e interculturalismo.

Etnocentrismo

O etnocentrismo, consiste na observação de outras culturas em função da nossa própria cultura, com o objectivo de hierarquizar e valorizar todas as culturas, tomando em conta as mais importantes e as menos importantes para cada pessoa. No entanto, o etnocentrismo tem consequências, como a incompreensão em relação aos aspectos de outras culturas, pois um etnocentrista é incapaz de aceitar culturas diferentes das suas, e ainda o aumento da coesão aos elementos culturais de grupo, e o sentimento de superioridade em relação aos elementos de culturas diferentes.
Para preservar a sua cultura, os etnocentristas podem assumir posturas negativas, como a xenofobia, ou seja ódio pelos estrangeiros, o racismo e o chauvinismo, isto é patriotismo fanático.


Relativismo Cultural

Relativismo cultural é o mesmo que culturalismo e consiste no respeito pela cultura dos outros, aceitando cada uma como ela é, conseguindo relacionar-se com o Mundo e as diferentes culturas.
O relativismo cultural tem aspectos positivos, como a defesa da tolerância pelas diferenças e de respeito pelas outras culturas, defende que os padrões de comportamento e os sistemas de valores dos povos com quais se entra em contacto devem ser avaliados, julgados e respeitados sem contestação.
No entanto esta enorme tolerância, sendo aparentemente positiva, manifesta alguns aspectos negativos:

  1. A proclamação do respeito e tolerância pelas outras culturas encerra a ideia de que cada cultura deve promover os seus próprios valores, ficando fechada em si própria
  2. Não incentivando a abertura aos modelos das outras comunidades, os defensores do relativismo não promovem, antes dificultam, o diálogo entre as culturas.
Neste sentido, os relativistas não escapam a certos riscos. Entre eles anotam-se o racismo, o isolamento e a estagnação.


Interculturalismo

Interculturalismo, é um movimento que tem como ponto de partida o respeito por outras culturas, superando as falhas que se encontram no relativismo cultural, ao defender o encontro e  pé de igualdade entre todas as culturas.
O interculturalismo propõe-se promover objectivos como a compreensão da natureza pluralista, promover o diálogo entre culturas, compreender a complexidade e riqueza da relação entre diferentes culturas e colaborar na busca de respostas aos problemas mundiais que se colocam no âmbito social, económico, politico e ecológico.
Ddo que não se pode considerar que qualquer cultura tenha atingido o seu desenvolvimento total, o diálogo entre os povos de diferentes culturas é o meio de possibilitar o enrequecimento mutúo de toas as culturas.
O interculturalismo defende assim, que se aprenda a conviver num Mundo pluralista e que se respeite e defenda a humanidade num conjunto global.


Tatiana Ribeiro e Sara Cunha

Sem comentários:

Enviar um comentário